Style Sampler

Layout Style

Patterns for Boxed Mode

Backgrounds for Boxed Mode

Todos os campos são obrigatórios

Fechar

Osteotomias

Por: DR. RENATO RODRIGUES PEREIRA

OSTEOTOMIA PERIACETABULAR PARA CASOS DE DISPLASIA ACETABULAR

OSTEOTOMIA PERIACETABULAR PARA
CASOS DE DISPLASIA ACETABULAR

O QUE SÃO OSTEOTOMIAS?

Tratamento cirúrgico utilizado quando temos um osso deformado que leva a uma função anormal do membro acometido. O osso é quebrado de forma controlada e reorientado da forma correta e próximo da anatomia normal.

OBJETIVO

Melhora da dor, da mobilidade a articular e da função do membro.

INDICAÇÕES

Indicados para os casos de displasia acetabular, coxa vara, coxa valga, luxações congênitas e consolidações viciosas após fraturas Porte Cirúrgico.

Considerada uma cirurgia de grande porte, onde é mandatório uma avaliação pré-operatória e pré anestésica rigorosa para se minimizar os riscos. O período de internação varia de 2 a 3 dias.

POSSÍVEIS COMPLICAÇÕES

> Infecção
> Fratura intra-operatória
> Falha na fixação
> Quebra do material de fixação
> Trombose no pós-operatório

 

PÓS-OPERATÓRIO

Depende do tipo de implante e do método de fixação do mesmo. Em geral, paciente permanece com uso de muletas ou andador com carga parcial no membro operado por um período de 6 a 8 semanas. O início da fisioterapia é imediato e se inicia no primeiro dia de pós-operatório com exercícios de isometria, ganho de movimento articular e treino de marcha com apoio. Medicamentos: antibiótico de 7 a 10 dias e analgésicos apenas se apresentar dor.

Agende sua consulta

icon

WhatsApp chat